AS NOSSAS ESCOVAS

Dispomos de três tipos de escova para que escolha a perfeita para si

Babu tamanho normal

Com 18,5cm de comprimento e uma cerda mais alta e comprida que a de tamanho pequeno, esta escova é aconselhável para a generalidade dos adultos. As cerdas foram desenhadas num formato crescente de forma a chegar aos pontos mais difíceis, criando uma escovagem mais eficaz.

Disponível em cerda suave e média

Babu tamanho pequeno

Com menos 1cm de comprimento e uma cerda mais compacta que a de tamanho normal, esta escova é aconselhável para adultos que prefiram uma escova de proporções menores ou para jovens em crescimento. As cerdas foram desenhadas num formato crescente e mais compacto de forma a chegar aos pontos mais difíceis, criando uma escovagem mais eficaz e localizada.

Disponível em cerda suave e média

Babu tamanho criança

Com um cabo de 14cm e uma cerda de 2cm de comprimento, esta escova foi desenhada para uma adaptação perfeita ao pulso e dentição de uma criança. Para além de proporcionar uma higiene oral eficaz, é também uma forma de demonstrar a importância do respeito ambiental às gerações vindouras.

Disponível em cerda suave

ALGUNS CUIDADOS A TER…

Recomendamos alguns hábitos simples para que tenha uma boa higiene oral

DEIXE A BABU NUM LOCAL SECO

Como o bambu é um material absorvente, é aconselhável após a escovagem deixar a sua Babu num local seco e/ ou sem contacto permanente com a água, uma vez que se estiver em contacto com líquidos o cabo vai gradualmente adquirir humidade, deixando-o com um aspecto mais escuro.

NÃO ESFORCE AS SUAS GENGIVAS

Por vezes ao lavar os dentes podemos exercer demasiada força sobre os dentes e gengivas, magoando-os. É também possível que a cerda que utiliza não esteja adequada, devendo ser ligeiramente mais suave ou mais dura, conforme a sua preferência. Aconselhamos assim que observe e experiencie o tipo de escova correcta para si, seja ela suave ou média.

NÃO DEIXE EM CONTACTO COM GERMES E BACTÉRIAS

Tenha atenção ao local onde deixa a sua escova, podendo potencialmente estar sujeita a bacterias provenientes de outros utensílios ou mesmo de outras escovas mais antigas e desgastadas que estejam em contacto directo.

TROQUE DE ESCOVA COM REGULARIDADE

O aconselhável é trocar entre 2 a 3 meses de utilização ou quando as cerdas já estão desgastadas o suficiente para que a sua escovagem já não seja eficiente. Mas não só o tempo de utilização é relevante para a decidir substituir, em caso de gripe, infecções orais ou outras doenças que afectem a sua higiene oral é altamente recomendável que troque por uma nova.